Rua de Santa Maria n.º90                   Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.m                        291 224 942              

O enorme aumento de preço de bens e serviços exige medidas que ponha travão à especulação, exige o aumento do poder de compra dos trabalhadores, reformados e pensionistas, repondo antes de mais o que já lhes foi tirado nestes primeiros meses do ano por via da especulação, valor que foi transferido diretamente para os bolsos do capital.

Não podemos aceitar que, à boleia de uma guerra condenável e das sanções, se queira degradar as condições de vida e de trabalho e aumentar a exploração.

 

Aumento dos Salários e Pensões é uma emergência nacional!

 

Rejeitamos o ataque ao poder de compra e aos direitos!

 

Luta Nacional para:

  • Emprego com direitos
  • Reforço dos serviços públicos
  • 35 horas de trabalho para todos com horários dignos
  • Erradicar a precariedade
  • Defender a Contratação Coletiva
  • Dinamização da produção nacional

O aumento dos salários já era uma emergência nacional, mas a evolução da situação económica e social torna esta exigência como uma questão central para garantir uma vida digna, para que as necessidades dos trabalhadores e das suas famílias sejam, satisfeitas, para valorizar as carreiras e as profissões, para fixar no nosso país aqueles que aqui querem trabalhar e viver.

 

in: cgtp - http://www.cgtp.pt/informacao/comunicacao-sindical/17601-accoes-de-luta-nos-dias-6-e-7-de-junho